31 de dezembro de 2015

Filme: Star Wars Episódio VII - O Despertar da Força



Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força
Direção: J.J. Abrams
Protagonistas: Daisy Ridley, John Boyega, Adam Driver, Oscar Isaac, Harrison Ford, Carrie Fisher
Duração: 2h15min
Gênero: Aventura, Ação
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca minar o poder da República e que tem Kylo Ren (Adam Driver), o General Hux (Domhnall Gleeson) e o Líder Supremo Snoke (Andy Serkis) como principais expoentes. Eles conseguem capturar Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos principais pilotos da Resistência, que antes de ser preso envia através do pequeno robô BB-8 o mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao fugir pelo deserto, BB-8 encontra a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Paralelamente, Poe recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente. Juntos, eles escapam do domínio da Primeira Ordem.




SPOILER ABAIXO

Star Wars: O Despertar da Força


Escrever uma opinião sobre esse filme é uma coisa que venho lutado por dias, nenhum post parecia bom o suficiente para Star Wars e sendo hoje o último dia do ano, eu não poderia deixar de postar minha opinião. Assisti o novo filme da saga em seu lançamento 17 de dezembro e aqui vai minha opinião. 

Irreverente, violento, carismático, simples e belo. As palavras que demonstram o significado do novo filme da saga Star Wars.

O filme dirigido por J.J. Abrams que dá a continuação a saga Star Wars que teve seu início em 1977 está PERFEITO. Os personagens antigos retornam e há novos para nos apaixonarmos.

Pela primeira vez temos uma protagonista feminina que possui a força, Rey é uma personagem cheia de surpresas e ainda muito corajosa, durante todo o filme ela mostra que pode dar conta de si mesmo e que não precisa da ajuda de ninguém. Em contrapartida, temos o simpático Finn, um stormtrooper que saiu da sua tropa para ajudar um piloto da Resistência.

Finn é um personagem engraçado e parte do alívio cômico junto com o droid BB-8, aliás que droid fofo e maravilhoso que fez todas as pessoas o acharem fofo e rirem de seu jeitinho de criança. Pois é, o droid tem jeitinho de criança e uma simpatia que dá show em muito ator por aí.

Kylo Ren o vilão desse episódio é nada mais e nada menos do que um Anakin Skywalker em formação. O filho de Han Solo e Leia puxou exatamente a pessoa da família que ele mais admira, estressado, impulsivo e sem controle de suas emoções o personagem Ben (Kylo Ren) é uma mistura de conflitos entre a vontade se entregar a escuridão e ainda sentir a luz dentro de si e o ápice para chegar na escuridão que ele queria se deu com a morte de seu pai, na qual, ele matou.

J.J. Abrams usou um jogo de luz extremamente convincente durante todo o filme, na cena em que Kylo Ren mata seu próprio pai é possível notar isso com total clareza. Os dois personagens conversam, enquanto Kylo diz ainda sentir a luz, o diálogo se passa com um feixe de luz nos dois que se apaga assim que o filho mata o próprio pai. Uma metáfora com luzes que me fez arrepiar.

A Primeira Ordem é de ficar com medo. A organização, os discursos e o modo dos soldados se cumprimentarem fez com que eles parecessem estar na Segunda Guerra Mundial sendo os nazistas. Sério! Hitler e nazistas foi o pensamento mais constante ao ver a Primeira Ordem.

As cenas de luta e ação foram fantásticas, bem diferente dos outros filmes. A saga Star Wars é famosa pelas horas de conversa, política e lutas coreografadas, mas não foi o caso desse filme, as lutas foram diferentes e ação foi constante o que deixou o filme muito mais dinâmico.

Parte do Universo Expandido foi utilizado para esse filme.

Uma nostalgia gigante do quarto filme da saga, embora alguns não tenha gostado das diversas referências o filme trabalhou bem deixando o ar de nostalgia e inovando ao mesmo tempo. Rever os personagens que aprendemos a amar e nos apaixonando pelos novos personagens é assim a sensação do sétimo filme da saga.

As diversas nuances por trás desse filme é difícil de ser dita numa resenha. Há vários buracos na história nos deixando ansiosos para uma continuação e que aguardo com muita ansiedade. O Despertar da Força já deixou seu maravilhoso legado.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

8 comentários:

  1. Oi, Vanessa! Tudo bem? Não li a resenha toda com medo dos spoilers, mas pelo que vi, o filme está ótimo. Espero vê-lo em breve! :)

    Feliz natal!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    É tão bom quando gostamos tanto de algo que não conseguimos escrever sobre ele hehe. Eu não vou assistir porque não conheço quase nada desse universo, não me julgue hehe. Mas estou vendo tanto falar sobre o filme que até estou querendo fazer uma maratona com eles.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Fui assistir e me arrepiei desdes os trailers kkkkk

    Que tal começar o ano com seu blog de cara nova?
    Aproveite nossa promoção, layout totalmente personalizado por R$80,00.
    Não perca tempo e encomende logo o seu.
    contatosaydesing@gmail.com
    FACEBOOK

    ResponderExcluir
  4. Eu preciso ver os outros filmes pra poder entender. Sei que os efeitos especiais são muito bons, vi pelo trailer e pelos filmes antigos que eu só vi algumas partes quando estava passando em algum canal quando eu trocava os canais.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  5. Assista Star Wars: O Despertar da Força Full Film On-line : http://starwarstheforceawakens2015.com

    ResponderExcluir
  6. Top top mesmo! Não canso de falar que gostei mesmo! Sua criatividade é show! Claro que cada um tem sua opinião e se expressa com quer porém respeitando o próximo, isso é o que importa, não é mesmo? Como posso fazer para falar com você tem algum email de contato ou algum formulário de contato para falar com vocês? Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gustavo. Tudo bem?
      Tem um formulário de contato no topo do site, meu nome é Vanessa e o meu email pessoal é voliveira563@gmail.com

      Um prazer falar com você ;)

      Excluir
    2. Olá, Gustavo. Tudo bem?
      Tem um formulário de contato no topo do site.

      Um prazer falar com você ;)

      Excluir